Dissertações 2015

PEREIRA, André Alcântara Augusto

Orientador: Ricardo de Souza Nogueira
DATA DA DEFESA: 01/07/2015
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO:"O esporte na Idade do Bronze, no conceito de Agón e na Ilíada"
BANCA: Ricardo de Souza Nogueira (PPGLC-UFRJ), Marcos José de Araújo Caldas (UFRRJ) e Tania Martins Santos (PPGLC-UFRJ)
RESUMO: A presente dissertação analisou a gênese do esporte na Civilização Grega a partir de um enfoque desenvolvido em três vertentes de sua institucionalização: 1) a histórica, no período da Idade do Bronze; 2) a conceitual, com o estudo do termo agón em diversos contextos do mundo helênico; 3) a literária, proveniente da tradução e análise de excertos dos Jogos Fúnebres em Honra a Pátroclo, no canto XXIII de Ilíada. Em que pese certa indeterminação encontrada na interpretação dos vestígios materiais e dos registros escritos, bem como nas limitações inerentes na análise de uma obra de ficção, é possivel afirmar a existência de um processo de institucionalização do esporte em curso desde os primórdios do mundo grego.

DOWNLOAD

PINHEIRO, Felipe Costa

Orientadora: Arlete José Mota
DATA DA DEFESA: 26/02/2015
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO:"Marcial e a vaidade: Um exemplo de Persona"
BANCA: Arlete José Mota (PPGLC-UFRJ), Airto Ceolin Montagner (UERJ) e Anderson de Araujo Martins Esteves (PPGLC-UFRJ)
RESUMO:O gênero epigramático conheceu seu ápice em Roma com a produção do poeta Marcial, que acentuou traços, como um certo matiz obsceno e o uso de personagens com um perfil próximo ao dos personagens tipo da comédia plautina, elementos já encontrados em Catulo. O poeta viveu e produziu seus epigramas sob Domiciano, o último dos imperadores da dinastia Júlio-claudiana. Destacam-se em sua obra uma expressiva quantidade de temas e tons: de fatos corriqueiros de um dia a dia de uma cidade populosa ao encontro com personagens distintos nos banquetes. Do elogio ao imperador e aos patronos à crítica atroz contra determinados indivíduos de comportamento não usual. Pode-se falar de uma abordagem de vícios e virtudes. Dos vícios destaca-se a vaidade; vício apresentado de forma jocosa e com pitadas de Italum acetum. O trabalho apresenta uma proposta de análise de epigramas selecionados, onde a vaidade é a marca comportamental de determinados personagens.

DOWNLOAD

FARIAS, Cláudia Dias

Orientadora: Ana Thereza Basílio Vieira
DATA DA DEFESA: 03/06/2015
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO:"O tipo escravo no enredo de Captivi"
BANCA: Ana Thereza Basílio Vieira (PPGLC-UFRJ), Manuel Rolph de Viveiros Cabeceiras (UFF/PPGH) e Tatiana Oliveira Ribeiro (UFRJ)
RESUMO: A presente Dissertação tem como corpus a peça Captiui, de Plauto, comediógrafo romano de III – II a. C. Esta pesquisa apresenta a personagem seruus no desenvolvimento do enredo plautino e como o riso é obtido por meio de recursos manipulados através desta personagem. Com base nos estudos desenvolvidos por Henri Bergson e Erich Segal, verificam-se os elementos cômicos que caracterizam a construção do enredo da peça em questão, com a finalidade de comprovar como estes eram utilizados no teatro antigo e que, por meio deles, Plauto formulou a comicidade da peça aqui tratada.

DOWNLOAD

Dissertações 2014

PERES, Vanessa de Souza

Orientadora: Alice da Silva Cunha
DATA DA DEFESA: 28/11/2014
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO:"A representação do feminino em Epidicus, de Plauto"
BANCA: Alice da Silva Cunha (UFRJ), Regina de Faria da Silva (UFRJ) e Eduardo Costa Scherer (UFRJ)
RESUMO:Este trabalho apresenta uma análise da representação do feminino contida na peça Epidicus, de Plauto. Essa abordagem foi dividida em grupos de acordo com a classificação das personagens-tipo encontradas na obra. A análise do texto se apoiou em conceitos do cômico, no papel das mulheres na vida real e na peça e no uso da linguagem. Não deixando de considerar a obra de acordo com as especificidades do gênero cômico em Roma e de suas relações com a Nea.

DOWNLOAD

EUGENIO, Renata Lopes

Orientadora: Ana Thereza Basílio Vieira
DATA DA DEFESA: 13/08/2014
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO: "Estudo das narrationes em Ab Vrbe Condita: as batalhas de Trasimeno e Canas"
BANCA: Ana Thereza Basílio Vieira (PPGLC-UFRJ), Álvaro Alfredo Bragança Júnior (PPGLC - UFRJ) e Leonardo Ferreira Kaltner (PPGEL/UFF)
RESUMO: A Segunda Guerra Púnica foi palco de duas batalhas que tiveram grande importância para a história de Roma: a batalha do lago de Trasimeno e de Canas. Essas foram pelejadas pelos romanos contra o exército cartaginês liderado por Aníbal Barca. Tito Lívio, historiador romano, no livro XXII da Ab Vrbe condita, narra esses confrontos e quais foram suas causas e consequências. Assim, analisamos a narrativa dos relatos e procuramos desenvolver um estudo comparativo dos mesmos, destacando os retratos dos romanos e de seus inimigos, evidenciando o estilo de Tito Lívio

DOWNLOAD

SILVA, Daniele de Oliveira da

Orientadora: Ana Thereza Basílio Vieira
DATA DA DEFESA: 04/08/2014
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO:"As representações de Lívia Drusila sob o olhar de Tácito e Suetônio"
BANCA: Ana Thereza Basílio Vieira (PPGLC-UFRJ), Arlete José Mota (PPGLC-UFRJ) e Manuel Rolph de Viveiros Cabeceiras (UFF)
RESUMO:O objetivo deste estudo é aprofundar os conhecimentos sobre a representação e o comportamento da mulher romana. Indivíduo tão discriminado e ao mesmo tempo de grande importância para a manutenção da sociedade romana, pois é sua a responsabilidade da educação dos filhos, da organização do lar, além de vir dela a continuidade da sociedade romana, ou seja, da procriação. Utiliza-se, para tal, a figura de Lívia Drusila como objeto de estudo, analisando sua trajetória em Roma e sua presença na vida dos célebres homens que a cercavam.

DOWNLOAD

SANTOS, Arthur Rodrigues Pereira

Orientador: Anderson de Araujo Martins Esteves
DATA DA DEFESA:03/06/2014
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO:"A tradução identificadora aplicada ao Livro I das Geórgicas de Virgílio"
BANCA: Anderson de Araujo Martins Esteves (UFRJ), Fernanda Lemos de Lima (UERJ) e Arlete José Mota (UFRJ)
RESUMO:Este trabalho tem como objetivo a definição do conceito de tradução identificadora e a sua posterior aplicação prática ao Livro I das Geórgicas de Virgílio. Por se tratar de um conceito bastante amplo, decidimos limitá-lo às propostas de quatro teóricos: Friedrich Schleiermacher, Lawrence Venuti, Antoine Berman e Haroldo de Campos. Apesar de estes autores apresentarem algumas diferenças conceituais, todos compartilham a noção básica de que a tradução identificadora deve abrigar em seu corpo textual as peculiaridades genuínas do texto de origem, podendo-se dizer que eles são adeptos, cada um à sua maneira, dessa modalidade de tradução. Esse suporte teórico forneceu diretrizes que nortearam o nosso processo tradutório, marcado pela utilização do verso decassílabo e pelas estratégias de estranhamento nele atuantes.

DOWNLOAD

FREITAS, Victor de Oliveira

Orientadora: Vanda Santos Falseth
DATA DA DEFESA: 27/11/2014
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO:"Fundamentos do projeto político de César na obra Commentarii de Bello Gallico"
BANCA: Vanda Santos Falseth (UFRJ), Eduardo Costa Scherer (UFRJ) e Amós Coêlho da Silva (UERJ)
RESUMO:A pesquisa abarca o projeto político cesáreo, escamoteado em De Bello Gallico e palpável na obra De Bello Ciuile. O foco foram as referências histórico-culturais, de valor discursivo e retórico, usadas ao longo daquela narrativa feita por César. De fato, o enfoque em questões daquela natureza parece contribuir para o advento de uma estratégia de engrandecimento e de possível autodefesa ante seus adversários. Com isso, foram analisados os recursos relacionados à autopromoção do general os quais alicerçam e possibilitam a concretização dos seus anseios políticos. Prestigiado e aclamado por suas glórias militares, César parece utilizar-se de uma ideologia conquistadora e de bases históricas de seu povo para empreender seu projeto político: o de inconteste líder e de missionário da necessária romanização do mundo antigo. Inicialmente, foram estudados a figura de César, o gênero ao qual pertence a obra analisada e as bases do projeto político de seu autor. Seguidamente, foram apresentadas as bases históricas e culturais de que se valeu e que contribuem para o descortino desses planos políticos. A pesquisa buscou indicar, ainda, de que modo as evidências de uma autopromoção viabilizaram as justificativas para ações no campo militar e político, dado o protagonismo posterior do general na Segunda Guerra Civil da República Romana.

DOWNLOAD

FRANCO, Simone Sales Marasco

Orientadora: Ana Thereza Basílio Vieira
DATA DA DEFESA: 24/02/2014
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO:"Aspectos dialógicos e intertextuais no Satiricon, de Petrônio"
BANCA: Ana Thereza Basílio Vieira (PPGLC-UFRJ), Neiva Ferreira Pinto (UFJF) e Arlete José Mota (PPGLC-UFRJ)
RESUMO:Este trabalho tende a pensar na obra de Petrônio como um ambicioso projeto literário, mas que esse projeto não necessariamente exclui o cunho moralizante na esfera social e cultural da época na qual se insere, pois nela estão presentes referências que dão ao leitor instrumentos necessários para a reflexão e a crítica do aparato literário e cultural da época de Nero. Através dos conceitos contemporâneos sobre o dialogismo e a intertextualidade, postulados por Bakhtin, e estudos em língua portuguesa, organizados e reunidos por Beth Brait e outros a partir do mesmo autor, serão analisados episódios do Satyricon nos quais se acreditaria haver relações dialógicas entre as personagens ou os textos, através da polifonia, bem como relações intertextuais presentes nas passagens épicas virgilianas da obra, para delinear como essas relações são construídas face à decadência criticada pelo autor

DOWNLOAD

OLIVEIRA, Marcelo Coutinho de

Orientadora: Tania Martins Santos
DATA DA DEFESA: 25/02/2014
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO:"Primeira Filípica: Discurso, credibilidade e persuasão"
BANCA: Tania Martins Santos (PPGLC-UFRJ), Fernanda Lemos de Lima (UERJ) e Shirley F. Gomes de A. Peçanha (PPGLC-UFRJ)
RESUMO:A dissertação ora proposta visa a explorar os argumentos persuasivos presentes na peça retórica Primeira Filípica, de Demóstenes, orador ateniense do século IV a.C., cujo objetivo é oferecer um planejamento de reorganização financeira e militar, a fim de defender a Grécia da ameaça macedônica capitaneada por Filipe II, rei expansionista. Julga-se necessário, para cumprir o objetivo, analisar os pressupostos retóricos observáveis na educação para a formação política do orador ateniense do século IV a.C.

DOWNLOAD

AMAYA, Lucas Matheus Caminiti

Orientadora: Arlete José Mota
DATA DA DEFESA: 26/02/2014
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO:"Apontamentos de um gênero epistolográfico em De Officüs III"
BANCA: Arlete José Mota (UFRJ), Ana Thereza Basílio Vieira (UFRJ) e Mary Kimiko Guimarães Murashima (UERJ)
RESUMO:O estudo da comunicação humana passa sem dúvida pela forma escrita de um diálogo entre pessoas distantes do espaço-tempo, uma epístola - ou carta. Ainda que geralmente seja entendido tal gênero como um turno de uma conversa entre amigos, tal assertiva se demonstra imprecisa e insuficiente para descrever o fazer epistolográfico. O gênero discursivo epistolográfico em si não apresenta, a priori, uma limitação de tema e de etos capazes de preencher suas necessidades semânticas globais. Desta forma, mais do que as epistolae de Cícero, claramente epístolas a seus amigos, familiares e colegas políticos e forenses, podemos entender também sua última obra, De Officiis, como uma verdadeira epístola, o que alteraria a compreensão da obra e de seu significado intrínseco.

DOWNLOAD

SILVA, Luana Cruz da

Orientadora: Shirley Fátima Gomes de Almeida Peçanha
DATA DA DEFESA: 26/02/2014
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO:"Os epigramas históricos e agonísticos de Simônides de Ceos"
BANCA: Shirley Fátima Gomes de Almeida Peçanha (PPGLC-UFRJ), Glória Braga Onelley (UFF) e Tania Martins Santos (PPGLC-UFRJ)
RESUMO:O epigrama grego foi uma das modalidades poéticas mais cultivadas no período helenístico. Sabe-se, entretanto, que as primeiras manifestações desse gênero literário, cuja origem remonta ao século VIII a. C., foram encontradas em objetos votivos, lápides tumulares e estátuas honoríficas, nos quais eram gravadas inscrições anônimas. Simônides de Ceos, poeta que viveu entre os séculos VI e V a. C. (556-468 a.C), foi um dos principais cultores de epigramas do período tardo-arcaico. Da produção epigramática atribuída ao poeta de Ceos, foram considerados na presente dissertação os epigramas de cunho histórico e agonístico, verificando-lhes, com base na tradução, a temática e o contexto em que foram produzidos, visto que constituem um importante testemunho literário dos conflitos entre Gregos e Persas, por ocasião das Guerras Medo-Persas, e do triunfo dos atletas nas competições esportivas pan-helênicas. Foram comentadas ainda algumas características do gênero epigramático e apresentadas questões referentes à transmissão, à cronologia e à autenticidade do corpus simonídeo.

DOWNLOAD

TAVARES, Bruna da Silva

Orientadora: Alice da Silva Cunha
DATA DA DEFESA: 16/05/2014
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO:"A funcionalidade dos exempla nas Catilinárias"
BANCA: Alice da Silva Cunha (UFRJ), Arlete José Mota (UFRJ) e Márcia Regina de Faria da Silva (UERJ)
RESUMO:Os discursos que integram as Catilinárias de Cícero representam excelentes fontes de estudo e possibilitam uma profunda reflexão sobre o período republicano de Roma. Analisamos, a partir de alguns fragmentos da obra a funcionalidade dos exempla que se referem a fatos da história romana, comparando-os ao contexto da conjuração de Catilina. O presente trabalho tem por objetivo demonstrar a importância dos exempla retóricos como elementos persuasivos, considerando os valores morais romanos.

DOWNLOAD

KIBUUKA, Brian Gordon Lutalo

Orientador: Ricardo de Souza Nogueira
DATA DA DEFESA: 24/02/2014
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO:"A súplica em Suplicantes de Eurípides"
RESUMO:O suplicante, a súplica e o conjunto de índices que os representam são importantes nas relações sociais na Grécia Antiga. Porém, a representação do suplicante, da súplica e de tais índices na tragédia euripidiana tem particularidades que apontam para o enriquecimento dos sentidos e significados relacionados ao ato de suplicar. Esta dissertação se propõe a analisar tal questão na obra de Eurípides e na tragédia Suplicantes, com o objetivo de perceber inovações no drama euripidiano. Visa, por fim, analisar Suplicantes com o propósito de observar as diferenças entre essa peça e as demais de Eurípides em relação ao tema.

DOWNLOAD

Dissertações 2012

ALMEIDA, Emerson Rocha de

Orientadora: Tania Martins Santos
DATA DA DEFESA: 18/07/2012
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO: "A função do homem na família em Econômico"
BANCA:Tania Martins Santos (UFRJ), Glória Braga Onelley (UFRJ) e Auto Lyra Teixeira (UFRJ)
RESUMO:Nesta dissertação, pautada em Econômico, de Xenofonte, busca-se analisar a importância dada pela sociedade grega, entre os séculos V e IV a. C., ao governo do oîkos, salientando o papel fundamental da família na formação da pólis. Ressalta-se, também, a função administrativa exercida pelo homem, em relação ao campo e aos escravos externos, e a pedagógica, em relação à mulher, visto que esta, após receber todas as instruções do marido, deveria administrar a despensa, a produção doméstica, os escravos domésticos e os filhos. Além da distinção conceitual entre oikía – a casa da família com todo o mobiliário (lugar da moradia) – e oîkos – todos os bens pertencentes à família –, assinala-se como o prosador ático, em Econômico, retrata o cotidiano do homem, o dia a dia da família grega nos âmbitos doméstico e rural, apresentando-os de forma pedagógica e estabelecendo normas para ordenação da vida que resultará numa pólis “ideal”.

DOWNLOAD

SALEMA, Vivian de Azevedo Garcia

Orientadora: Alice da Silva Cunha
DATA DA DEFESA: Março/2012
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO: "A representação das Pietas, Fides e Virtus na epopeia virgiliana"
BANCA: Alice da Silva Cunha (UFRJ), Ana Thereza Basílio Vieira (UFRJ) e Amós Coêlho da Silva (UERJ)
RESUMO:O poema épico de Virgílio constitui-se num grande e poderoso instrumento de transmissão de convicções e pensamentos, suscitados pelo próprio esplendor de uma época conhecida como Pax Romana. Assim, pondera-se que a Eneida é uma obra fértil em recursos que propendem a difundir ideias morais condizentes com a política de reformas e com os projetos sociais do imperador. Este trabalho se concentra no exame, por meio da análise estilística e literária, de algumas das diversas passagens - difundidas em todo o poema – que evidenciam os valores morais romanos da Pietas, da Fides e da Virtus, representados sobretudo pelo herói Eneias.

DOWNLOAD

SOARES, Érica de Melo

Orientadora: Alice da Silva Cunha
DATA DA DEFESA: Março/2012
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO: "As faces do personagem Gorgulho de Plauto"
BANCA: Alice da Silva Cunha (UFRJ), Vanda Santos Falseth (UFRJ) e Márcia Regina de Faria da Silva (UERJ)
RESUMO:O nosso trabalho versa sobre o Gorgulho (Curculio), personagem-tipo do parasita, da peça plautina que leva o seu nome. Analisamos a sua caracterização, destacando as suas características típicas e as que são próprias a outro personagem-tipo da comédia latina: o escravo. Demonstramos, então, neste trabalho, que o personagem possui uma dupla caracterização na peça: apresenta-se como o tipo do parasita, marcado por sua ávida fome; e também se caracteriza por possuir traços próprios do tipo do escravo, cuja função importante é auxiliar na trapaça e no engano, articulando os planos para o jovem.

DOWNLOAD

SANTOS, Aline Chagas dos

Orientadora: Alice da Silva Cunha
DATA DA DEFESA: Março/2012
NÍVEL: Mestrado
TÍTULO: "O perfil de Epídico na comédia de Plauto"
BANCA:Alice da Silva Cunha (UFRJ), Amós Coêlho da Silva (UERJ) e Vanda Santos Falseth (UFRJ)
RESUMO: O comediógrafo latino Plauto, na composição de suas peças, faz uso de uma galeria de personagens-tipo comuns à Comédia Nova. Dentre as personagens que compõem a palliata, o poeta revela sua preferência pelo escravo, o criador de enganos. Este tem um espaço relevante nas comédias, visto que contribui, na maioria das vezes, para o desfecho da intriga. Este trabalho tem por finalidade traçar o perfil do protagonista Epídico, o seruus callidus, no Epidicus de Plauto, aquele que arma trapaças, a fim de ajudar o jovem apaixonado. Para tanto observamos o seu comportamento e o seu modo de falar.

DOWNLOAD

Dissertações 2011

JUNQUEIRA, Renan Moreira

Orientadora: Vanda Santos Falseth
DATA DA DEFESA: 14/01/2011
NÍVEL: Mestrado
ÁREA:Culturas da Antigüidade Clássica
LINHA DE PESQUISA: O Discurso Latino Clássico e Humanístico
TÍTULO:"Epodo 1: um retrato da amizade entre Horácio e Mecenas"
BANCA: Vanda Santos Falseth (UFRJ), Alice da Silva Cunha (UFRJ), Amós Coêlho da Silva (UERJ)
RESUMO:No Epodo 1, Horácio, ciente da convocação de Mecenas para a batalha de Ácio, afirma acompanhá-lo em nome da amizade que os une. A presente Dissertação tem por objetivo analisar de que forma tal vínculo é retratado pelo poeta. Para tanto, primeiramente, foram levantados dados biográficos do mesmo e características de sua poética e do gênero lírico. Em seguida, foi feito um breve estudo sobre o fim da república e sobre a amizade na Antiguidade Clássica. Por fim, foi apresentada uma proposta de tradução do referido poema, acompanhada de uma análise que levou em conta aspectos linguísticos, históricos, culturais, filosóficos, estilísticos, filológicos e literários, tendo sempre em vista a caracterização da amizade entre Horácio e seu patrono.

DOWNLOAD

Dissertações 2010

SILVA, Thaíse Pereira Bastos de Almeida

Orientadora: Ana Thereza Basílio Vieira
DATA DA DEFESA: 17/08/2010
NÍVEL: Mestrado
ÁREA: Culturas da Antigüidade Clássica
LINHA DE PESQUISA:O discurso latino clássico e humanista
TÍTULO:"O II Canto das Geórgicas: O significado das digressões na poesia didática"
BANCA: Ana Thereza Basílio Vieira (UFRJ), Lívia Lindóia Paes Barreto e Rívia Silveira Fonseca
RESUMO:A peça fundamental desta proposta de estudo é o caráter literário das Geórgicas de Vergílio, cuja análise tomará como fonte as digressões que compõem o II canto da obra. Desta forma, buscar-se-á responder a questionamentos acerca da importância destes elementos de digressão na estrutura da obra, bem como o papel que desempenham em seu contexto. Averiguar-se-á, por meio da análise estilística e literária, se tais textos possuem caráter didático ou se constituem apenas um mero recurso de erudição do poeta.

DOWNLOAD

BARBOSA, Pedro da Silva

Orientador: Auto Lyra Teixeira
DATA DA DEFESA: 10/09/2003
NÍVEL: Mestrado
ÁREA: Culturas da Antigüidade Clássica
LINHA DE PESQUISA: Modos e Tons do Discurso Grego
TÍTULO: "Da virtude e Mênon: um estudo intertextual"
BANCA: Auto Lyra Teixeira (PPGLC-UFRJ), Sílvia Costa Damasceno (UFF) e Tania Martins Santos (PPGLC- UFRJ)
RESUMO:A possibilidade de se ensinar a virtude era uma questão corrente na Atenas do século V e IV a.C. Uma das obras dedicadas por Platão a essa questão é o Mênon, onde se destaca a necessidade de primeiramente sabermos o que é a virtude, para depois então vermos se ela pode ser ensinada. Por sua vez, o autor do Da virtude, diálogo reconhecidamente espúrio, também aborda esse assunto, não formulando, no entanto, a questão central do Mênon, ou seja, a definição de virtude. Esta dissertação propõe uma abordagem do Mênon e do Da virtude, buscando destacar elementos que caracterizem o segundo diálogo como uma obra pseudoplatônica. Tendo em vista esse objetivo, aborda-se a questão do Corpus Platonicum, destacando-se evidências externas da pseudepigrafia, as quais, somadas a evidências internas encontradas no estudo intertextual desses diálogos, evidenciam o caráter espúrio do Da virtude; também nos apresenta Sócrates, e a sua caracterização, interagindo com outras personagens, e conversando sobre a virtude, no Mênon e no Da virtude; e o estudo comparativo dos excertos em comum desses dois diálogos, que apresentam características de serem, respectivamente, o modelo e a cópia.

DOWNLOAD

MARINHO, Luciana Antonia Ferreira

Orientadora: Ana Thereza Basilio Vieira
DATA DA DEFESA: 17/12/2010
NÍVEL: Mestrado
ÁREA: Culturas da Antigüidade Clássica
LINHA DE PESQUISA: O discurso latino clássico e humanista
TÍTULO: "O escudo de Eneias como representação do discurso político de Augusto"
BANCA: Ana Thereza Basilio Vieira (UFRJ), Arlete José Mota (UFRJ) e Paula Branco de Araujo Brauner (UFPel)
RESUMO:O presente trabalho objetiva entender como se estrutura a descrição do escudo de Eneias, apresentada no canto VIII da Eneida. Esse elemento bélico/pictórico suscita duas significações: 1) a proteção do combatente Eneias; 2) a representação de fatos relativos a todo um povo. Sua utilização servia para difundir um passado, um presente e um futuro digno de um povo vencedor, a partir das situações mítico-históricas eleitas e descritas no texto. Existiria, contudo, apenas essa vertente dentro da narrativa? Com o intuito de identificar outras possibilidades de análises, faremos comentários sobre como o líder (político - Augusto, confundido dentro do texto com o mítico/militar - Eneias) seria representado na narrativa épica da Eneida e, sobretudo por qual motivo esse mesmo líder poderia ter o privilégio de sua representação no momento de descrição tão significativa para toda a obra - a exposição do escudo de Eneias.

DOWNLOAD

AZEVEDO, Katia Teonia Costa de

Orientadora: Alice da Silva Cunha
DATA DA DEFESA: 24/08/2010
NÍVEL: Mestrado
ÁREA: Culturas da Antigüidade Clássica
LINHA DE PESQUISA: O discurso latino clássico e humanista
TÍTULO: "Coma Berenices: Uma Leitura do Poema 66 de Catulo"
BANCA:Alice da Silva Cunha (UFRJ), Vanda Santos Falseth (PPGLC/UFRJ) e Márcia Regina de Faria da Silva (UERJ)
RESUMO: Este trabalho apresenta a análise do poema 66 de Catulo, conhecido como A Cabeleira de Berenice, tradução do poema grego de Calímaco Bereníkes Plókamos. Esta leitura fundamenta-se em informações encontradas, amiúde, na coletânea catuliana, de certo modo vinculadas à vida do autor e sua obra, bem como no estudo sobre as origens do gênero elegíaco e sua repercussão no poema de Catulo. A observação de algumas questões que envolvem o processo tradutório revela-se também importante para análise do poema ao ponderar a tradução como recriação. A leitura do poema 66 mostra-se indissociável do poema 65 ao contextualizar a Coma Berenices em relação à coletânea e à morte do irmão de Catulo. A análise desse poema demonstra não apenas a exaltação do amor, mas também a de valores tipicamente romanos como a pietas e a fides nos diversos movimentos do poema.

DOWNLOAD

PROCESSY, Andréa dos Santos

Orientador: Auto Lyra Teixeira
DATA DA DEFESA: 23/08/2010
NÍVEL: Mestrado
ÁREA: Culturas da Antigüidade Clássica
LINHA DE PESQUISA: Modos e Tons do Discurso Grego
TÍTULO: "O Sísifo: Conversação e Escrita"
BANCA: Auto Lyra Teixeira, Mário Eduardo T. Martelotta e Tania Martins Santos
RESUMO: Este trabalho tem como objetivo a aplicação de conceitos da Análise da Conversação num texto em grego antigo, o Sísifo, associada à perspectiva teórica do funcionalismo, tomado em sentido amplo. Nosso enfoque conversacional ressaltou o emprego das partículas: h}, a)lla/, a}ra, a!ra, ou}n e ou)kou~n; das combinações: a}r' ou}n e h} ga/r; do advérbio interrogativo pw~j na construção pwv le/geij; do pronome interrogativo ti/, seguido da partícula de/; da forma pronominal e!gwge e das respostas pa/nu ge e pa/nu me_n ou]n; das expressões recorrentes: nai_ ma_ to_n Di/a:, pro_j tou~ Dio/j:, nh_ Di/a:, dos vocativos. Levamos em consideração para tal análise o sistema de troca de turno, uma característica essencial da atividade conversacional, observando a realização dos elementos segundo sua posição no turno e o contexto comunicativo em que eles são empregados, além de verificar outras características conversacionais, tais como a elipse, a repetição. Também é nosso objetivo a tradução integral do corpus selecionado.

DOWNLOAD

CALDAS, Thaís Evangelista de Assis

Orientadora: Nely Maria Pessanha
DATA DA DEFESA: 12/03/2010
NÍVEL: Mestrado
ÁREA: Culturas da Antigüidade Clássica
LINHA DE PESQUISA: Modos e Tons do Discurso Grego
TÍTULO: "O canto I de Os Argonautas, de Apolônio de Rodes: tradução e comentários."
BANCA: Nely Maria Pessanha, Carlinda Fragale Pate Nuñez e Henrique Fortuna Cairus.
RESUMO: As alusões temáticas à viagem dos Argonautas são observadas em diversos autores de diferentes períodos da literatura grega. Já nos poemas homéricos e hesiódicos notam-se referências ao mito de Jasão e Medeia e à expedição liderada pelo Esonida em busca do velocino de ouro. A presente dissertação tem como corpus o primeiro canto do poema Os Argonautas de Apolônio de Rodes e visa a apresentar uma proposta de tradução, acrescida de comentários referentes ao jogo intertextual observado entre a epopeia alexandrina e as poesias homérica, hesiódica e pindárica e também a tragédia euripidiana Medeia e os idílios XIII e XXII de Teócrito. O caráter narrativo da poesia de Apolônio permite ainda a análise do corpus sob a perspectiva narratologia, segundo os pressupostos teóricos de Gérard Genette e I.J.F de Jong.

DOWNLOAD

QUARESMA, Orebe de Vasconcelos

Orientadora: Mára Rodrigues Vieira
DATA DA DEFESA: 10/02/2010
NÍVEL: Mestrado
ÁREA: Culturas da Antigüidade Clássica
LINHA DE PESQUISA: O discurso Latino Clássico e Humanístico
TÍTULO: "O Gerúndio e o Gerundivo no Pro Archia de Cícero"
BANCA: Mára Rodrigues Vieira (UFRJ), Vanda Santos Falseth (UFRJ) e Amós Coêlho da Silva (UERJ).
RESUMO: Este trabalho analisa as ocorrências do gerúndio e do gerundivo nos diferentes casos e em contextos específicos, no texto latino clássico Pro Archia, de Cícero. Pretende demonstrar a funcionalidade do gerúndio e do gerundivo e, a partir do estilo particular do autor, viabilizar um estudo da língua na obra em questão, observando os usos que o autor faz dessas formas nominais do verbo, bem como a construção de estruturas que apresentam esses elementos.

DOWNLOAD

GONÇALVES, Messiônia Rodrigues

Orientadora: Nely Maria Pessanha
DATA DA DEFESA: 23/03/2010
NÍVEL: Mestrado
ÁREA: Culturas da Antigüidade Clássica
LINHA DE PESQUISA: Modos e Tons do discurso Grego
TÍTULO: "Odisseia, 7: tradução e comentários"
BANCA: Nely Maria Pessanha, Auto Lyra Teixeira, Celina Maria Moreira de Mello
RESUMO: A dissertação tem como corpus o canto VII da Odisséia, que narra o encontro de Ulisses, na Ilha Esquéria, com os nobres Feácios e os reis Alcínoo e Arete. A presente Dissertação, além de apresentar uma proposta de tradução do referido canto, analisa a narrativa segundo os princípios teóricos da narratologia. Ocupa-se, sobretudo, com o estatuto do narrador e do narratário e com as anacronias e o ritmo da narrativa.

DOWNLOAD

Dissertações 2009

OLIVEIRA, Sandra Verônica Vasque Carvalho

Orientadora: Vanda Santos Falseth
DATA DA DEFESA: 27/08/2009
NÍVEL: Mestrado
ÁREA: Culturas da Antigüidade Clássica
LINHA DE PESQUISA:O discurso Latino Clássico e Humanístico
TÍTULO: "Ressonâncias Epicuristas na Lírica Horaciana"
BANCA: Vanda Santos Falseth, Alice da Silva Cunha e Amós Coêlho da Silva
RESUMO:O presente trabalho realizou um breve estudo da lírica horaciana, com o objetivo de apontar reminiscências da doutrina filosófica epicurista na mesma. Primeiramente, foi feita uma apresentação da filosofia grega, com ênfase na doutrina epicurista e nas possíveis influências na obra de Lucrécio, representante da literatura latina. Por fim, foram selecionadas e analisadas odes representativas das influências epicúreas encontradas na poesia de Horácio.

DOWNLOAD

ALSINA, Julieta

Orientador: Henrique Fortuna Cairus
DATA DA DEFESA: 18/12/2009
NÍVEL: Mestrado
ÁREA: Culturas da Antigüidade Clássica
TÍTULO: "∆ΙΑΙΤΑ ΑΡΤΟΦΑΓΩΝ: a saúde põe a mesa entre os gregos"
BANCA: Breno Battistin Sebastiani (PPGLC-USP); João Camillo B. de Oliveira Penna (PPGCL-UFRJ); Henrique Fortuna Cairus (PPGLC-UFRJ)
RESUMO: Busca-se discutir a elaboração discursiva do tratado hipocrático Da dieta, procurando ressaltar elementos discursivos que sugerem tentativas de legitimação da prática dietética dentro do universo da medicina antiga. O sentido da palavra díaita, apesar de traduzida pela tradição por 'dieta' ou 'regime', compreende não só a alimentação, mas também o modo de vida que se deve deliberadamente seguir, e abrange tanto a alimentação, quanto as atividades físicas, os horários e os costumes específicos tendo em vista determinado fim. No campo da medicina, a dieta contempla a manutenção ou a recuperação da saúde. Essa dieta, a da medicina, revela-se uma intervenção humana, um ato que se opera no âmbito da tékhne, da iatrikè tékhne que então se formava como campo. O discurso que faz distinção entre os dois tipos de dieta, aquela reconhecida como "primitiva" (Da medicina antiga, 3) - sem uma tékhne que a oriente - e a dieta do médico, é o elemento através do qual fica garantido o lugar social de autoridade, uma vez que ele provém do conhecimento das causas e efeitos da manipulação dos alimentos que viabilizam a cura. O foco do trabalho é a configuração do discurso acerca da dieta, tanto no que concerne à perspectiva prática, compreendida no âmbito da prescrição, quanto no que tange à elaboração de um campo da dietética que, numa disputa muito peculiar, concorre a espaços dentro do saber e do fazer da arte médica.

DOWNLOAD

ROSA, Alexandre dos Santos

Orientadora: Shirley Fátima Gomes de Almeida Peçanha
DATA DA DEFESA: 27/08/2009
NÍVEL: Mestrado
ÁREA: Culturas da Antigüidade Clássica
LINHA DE PESQUISA: Modos e Tons do discurso Grego
TÍTULO:"A formação do jovem romano em Os adelphoi, de Terêncio"
BANCA: Shirley Fátima Gomes de Almeida Peçanha, Glória Braga Onelley e Tania Martins Santos
RESUMO: Esta dissertação examina a habilidade de argumentação do herói Odisseu, cotejando passagens dos Poemas Homéricos e da peça sofocliana Filoctetes, tendo em vista que essas obras suscitam questionamentos a respeito de sua excelência discursiva. Percebe-se, nas referidas obras, que, para desvencilhar-se das inúmeras situações adversas, Odisseu não usa como argumentos apenas fatos verdadeiros, mas, algumas vezes, inventa histórias que assumem a dimensão de verdade, passíveis de persuasão. Este pressuposto permitirá, então, analisar em que medida o discurso de Odisseu delineia sua areté, considerando-se para isso o conhecimento dos diferentes contextos históricos, a organização dos argumentos utilizados pelo herói de Ítaca para convencer os ouvintes e os valores morais veiculados no discurso.

DOWNLOAD

Dissertações 2008

LOSSO, Guilherme Guerreiro Brito

Orientador: Edison Lourenço Molinari
DATA DA DEFESA: 30/04/2008
NÍVEL: Mestrado
ÁREA: Culturas da Antigüidade Clássica
LINHA DE PESQUISA:O discurso Latino Clássico e Humanístico
TÍTULO: "Ética e política no "Somnium Scipionis" de Cícero"
BANCA: Edison Lourenço Molinari (PPGLC-UFRJ), Carlos Antonio Kalil Tannus (PPGLC-UFRJ) e Amós Coelho da Silva (UERJ)
RESUMO: Esta Dissertação pretende fazer uma análise da antítese usada como recurso estilístico no Somnium Scipionis, texto presente no sexto livro do De Republica de Cícero, e das implicações filosóficas de seu uso, assim como das fontes filosóficas usadas por Cícero na produção deste texto. O trabalho parte da constatação de que a abundância do uso da antítese no Somnium Scipionis tem motivações filosóficas e estilísticas, sem cuja compreensão fica prejudicada a leitura do texto. O De Republica retoma o platonismo, aristotelismo, Nova Academia e estoicismo para construir um conceito de Estado apropriado à República romana e ofereça uma solução para suas falhas. Esta solução necessita da reconstrução do caráter de seus condutores, a quem Cícero faz uma exortação no texto do Somnium Scipionis, no qual a antítese desempenha um papel essencial, ajudando a expressar os fundamentos filosóficos que ali são utilizados.

DOWNLOAD

OLIVEIRA, Diego Verissimo

Orientador: Edison Lourenço Molinari
DATA DA DEFESA: 29/04/2008
NÍVEL: Mestrado
ÁREA: Culturas da Antigüidade Clássica
LINHA DE PESQUISA:O discurso Latino Clássico e Humanístico
TÍTULO: "O perfil de Vercingetórige no De Bello Gallico de César"
BANCA: Edison Lourenço Molinari (PPGLC-UFRJ), Alice da Silva Cunha (PPGLC-UFRJ) e Mary Kimiko Guimarães Murashima (UERJ)
RESUMO: A pesquisa gira em torno do perfil de Vercingetórige, príncipe dos Arvernos,apresentado no livro VII dos Commentarii de Bello Gallico de César. O destaque da pesquisa se refere à maneira peculiar com que o adversário é tratado: Vercingetórige, o chefe da confederação gaulesa, é sempre visto de forma bastante respeitosa, nunca ofensiva. Ao evidenciar o prestígio do chefe gaulês, César parece intencionado a aumentar a grandiosidade de seus próprios feitos, pois teria derrotado um oponente quase tão virtuoso como ele mesmo. Na primeira parte deste trabalho, enfatizaremos a figura de César e sua trajetória política e literária. Examinaremos, em seguida, dados acerca do príncipe Vercingetórige. Posteriormente, será feita a análise de alguns trechos em que César, em sua obra, apresenta o chefe gaulês. No embate entre os dois grandes comandantes, não há, de forma clara, uma distinção específica entre bem e mal. A pesquisa busca discutir como o discurso acerca do inimigo é capaz de servir de propaganda do próprio César, já conhecido pela valorização de si mesmo e de seus atos.

DOWNLOAD

MAIA, Carlos Augusto Menezes

Orientadora: Shirley Fátima Gomes de Almeida Peçanha
DATA DA DEFESA: 08/05/2008
NÍVEL: Mestrado
ÁREA: Culturas da Antigüidade Clássica
LINHA DE PESQUISA:Modos e tons do discurso grego
TÍTULO: "O indivíduo e o coletivo na poesia de Sólon"
BANCA: Shirley Fátima Gomes de Almeida Peçanha (PPGLC-UFRJ), Glória Braga Onelley (UFF) e Auto Lyra Teixeira (PPGLC-UFRJ)
RESUMO: A produção poética soloniana apresenta patentes influências da crise de valores decorrente da conturbação político-social de fins do século VII e inícios do VI a.C., período em que diversas póleis helênicas foram assoladas pelo surgimento de stáseis, a qual propiciou uma reação, por parte da sociedade, a privilégios e valores aristocráticos, como a eugenia e o apreço ao luxo excessivo, considerados causas do desequilíbrio das relações entre os cidadãos. Desse modo, as crises político-sociais constituem motivos recorrentes na poesia de temática política, cujos versos privilegiam os conflitos internos da pólis. Nesse contexto,insere-se a poesia soloniana, na qual se refutam as extravagâncias aristocráticas e a ambição desmedida por riquezas, e se considera a decadência de Atenas resultante da ausência de compromisso dos cidadãos com a preservação da pólis. Sendo assim, esta dissertação analisa a relação entre a atuação do cidadão e o conceito de coletividade na poesia de Sólon, associação que representa o cerne da concepção soloniana acerca do bom e do mau funcionamento da pólis e se encontra na base das admoestações do poeta-legislador por uma conduta regida pela díke.

DOWNLOAD

ALVAREZ, Beethoven Barreto

Orientadora: Mára Rodrigues Vieira
DATA DA DEFESA: 26/02/2008
NÍVEL: Mestrado
ÁREA: Culturas da Antigüidade Clássica
LINHA DE PESQUISA:O discurso latino clássico e humanista
TÍTULO: "Considerações sobre as interrogativas diretas no "Amphitruo" de Plauto"
BANCA: Mára Rodrigues Vieira (PPGLC-UFRJ), Alice da Silva Cunha (PPGLC-UFRJ) e Mary Kimiko Guimarães Murashima (UERJ)
RESUMO: O estudo da interrogação - direta e indireta - no texto latino arcaico, a comédia Amphitruo de Plauto. Pertencendo a uma linha de pesquisa sobre sintaxe latina, o estudo parte de um problema proposto básico: a existência, no emprego da interrogativa, de uma função estilística definida, como, por exemplo, servir de apoio à construção do elemento cômico no texto teatral de Plauto. Realização de ampla revisão bibliográfica sobre o tema, que se inicia pela leitura de Holtze e Kühner, passa pelas observações de Morris e chega a gramáticos da língua latina mais recentes. Identificação das interrogações no corpus, categorização das frases interrogativas elencadas e análise, em contexto mais amplo, de seu emprego e de sua sintaxe para as considerações estilístico-literárias.

DOWNLOAD

Coordenação

Coordenador: Prof. Ricardo de Souza Nogueira
rsnogueira@terra.com.br
Vice-coordenadora: Profa. Arlete José Mota
arletemota@yahoo.com.br
Secretária: Carla Pinotti
pos.classicas@gmail.com

Contate-nos

Entre em contato conosco pelo telefone oficial da pós-graduação ou pelo email

Endereço

Programa de Pós-graduação em Letras Clássicas
Faculdade de Letras da UFRJ
Av. Horácio de Macedo, 2151
Sala F. 327
Cidade Universitária - CEP 21941-917
Rio de Janeiro - RJ